5 Indicadores Financeiro Importantes

A área financeira é crucial para o desenvolvimento de uma empresa. Por isso nós da Macrocont desenvolvemos uma serie de 5 posts que irão lhe guiar e auxiliar, para ter ou manter uma situação financeira saudável para seu negócio. Quando os negócios estão saudáveis financeiramente, algumas decisões como investir mais, fazer novas contratações e direcionar esforços para o aumento das receitas se tornam possíveis de maneira mais fluida. No caminho contrário, se as finanças vão mal, algumas adaptações são necessárias para conter os riscos e evitar uma crise maior.

1) O FLUXO DE CAIXA:

É essencial ter o controle do fluxo do que entra e do que sai de sua empresa, assim você consegue se planejar e se estruturar com maior facilidade, além de ter controle de situações como a que enfrentamos hoje com a #covid19.

Dessa forma, é fundamental que todo gestor procure adotar algumas práticas a fim de otimizar o fluxo de caixa e manter todas as suas contas sempre em dia. Confira algumas ações:

– Registre todas as movimentações financeiras e as categorize também;
– Tenha o hábito de analisar o fluxo de caixa diariamente;
– Busque fazer uma análise do capital de giro da sua empresa e seja realista nesse momento.

Manter o fluxo de caixa de uma empresa sempre organizado é um dos fatores que pode levá-la ao sucesso!

2) ROI = RETORNO SOBRE INVESTIMENTO:

A grande maioria das empresas criadas tem um foco em mente: lucro. Contudo como é possível identificar se todo o capital aplicado em determinado processo está sendo lucrativo? Ou até mesmo diferenciar os processos que estão dando certo, e assim otimizar com mais segurança os investimentos? É nesse momento que o ROI entra em ação.

Porque é importante?

A partir da aplicação do ROI é possível avaliar quais investimentos estão realmente contribuindo para a empresa, e assim alocar incisivamente o capital em processo rentáveis. Esse indicador ajuda a traçar metas com base em resultados anteriores e auxilia na visualização do tempo necessário para que certo investimento se torne rentável.

Através dessa métrica torna-se mais simples formular um Planejamento Estratégico, algo essencial para a boa desenvoltura de uma empresa. Ao analisar os dados fornecidos pelo ROI, é possível saber qual as origens do seu faturamento e traçar metas e métodos de alavancagem da empresa com maior facilidade.

Como deve ser calculado o ROI = ( RECEITA – INVESTIMENTO/INVESTIMENTO)

Sendo assim, é muito simples analisar o resultado do ROI. Para maior compreensão, vamos retomar o exemplo da empresa de João, já utilizado.

Com o investimento de R$1000, João obteve uma receita de R$2500 e após colocar os valores na formula, João adquiriu um retorno sobre investimento de 150%. A cada R$1 investido por João, ele terá retorno de 150%, ou seja, a cada real investido ele receberá R$1,5 de lucro. E isso remete a um resultado totalmente positivo.

3) RESULTADO OPERACIONAL:

O Resultado operacional mostra como está a saúde financeira de uma empresa, ele é um dos principais responsáveis por identificar se uma empresa está sendo lucrativa ou não, pois trata do resultado das operações de sua atividade, antes da dedução das despesas de juros provenientes a das dívidas de empréstimos contraídos.
Para que fique mais claro vamos demonstrar como se chega no Resultado Operacional:

Receita
(-) Deduções e impostos sobre vendas
(=)Receita liquida
(-) Custos variáveis (CPV ou CMV)
(=) Lucro Bruto
(-) Despesas operacionais
(=) Resultado Operacional antes do resultado financeiro

Sendo assim, ele é o principal responsável para avaliar se o resultado da empresa está baseado nas operações ou de outros fatores como receitas/despesas financeiras ou até mesmo vendas de bens.

4) RESULTADO OPERACIONAL DE CAIXA:

Então o que seria fluxo de caixa operacional?

Para definir o fluxo de caixa operacional é muito fácil. Ele é o resultado das entradas e saídas financeiras de um negócio levando em consideração apenas as movimentações necessárias à operação daquele empreendimento.

Esse indicador deve sempre ser analisado e acompanhado de tempos em tempos, pois ele vai lhe dizer o quanto de dinheiro que a companhia está conseguindo gerar a partir do negócio principal da empresa.

O fluxo de caixa operacional torna-se ainda mais importante quando olhamos para empresas que possuem um modelo de negócios fortemente baseado em vendas a prazo.

Como calcular o fluxo de caixa operacional?

Para calcular o fluxo de caixa operacional pelo método direto não é uma atividade muito complexa, para fazê-la devemos seguir os seguintes passos:

(+) recebimentos de clientes
(-) pagamento de fornecedores
(-) pagamento a funcionários
(-) recolhimento ao governo
(-) pagamento ao governo
(-) pagamentos a credores diversos

Tudo isso somado resulta nas disponibilidades geradas pelas atividades operacionais.

Agora para calcular pelo método indireto, devemos ter em mãos o lucro líquido apresentado pela empresa nos seus demonstrativos de resultados. A partir do lucro devemos ajustar os efeitos pelos itens que afetam os resultados de fluxo de caixa, como depreciação e amortização, pois esses efeitos são puramente contábeis e não financeiros.

5) RESULTADO DE LUCRO LIQUIDO:

O lucro líquido e primordial para uma vida financeira saudável de um negócio, pois passa a considerar todos os custos da empresa, variáveis e fixos, o que deve incluir as despesas com impostos, salários, energia elétrica, por exemplo, e que são independentes da produção.

Como calcular o lucro líquido.

O lucro líquido considera os custos variáveis, mas também os outros custos e despesas do negócio, conhecidos por custos fixos. Um exemplo é o salário dos funcionários, já que independentemente da quantidade de produção, eles possuem remuneração fixa.

Com todos os custos e despesas considerados agora, temos os custos totais do negócio. Para o lucro líquido, o cálculo pode ser feito pela fórmula:
Lucro líquido = Receitas Totais – Custos Totais

Com estas e outras dicas, você terá uma vida financeira saudável para sua empresa. Não deixe de nos acompanhar por aqui e pelo facebook para mais dicas.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Preencha o formulário e um dos nossos especialistas entrarão em contato com você.

*preenchimento obrigatório

Preeencha o formulário para receber o nosso e-book.

Baixe o e-book clicando no botão abaixo.