Entenda o que é o planejamento societário

A formação de uma sociedade empresarial reúne interesses de membros do quadro societário que nem sempre estão em total conformidade. Sabendo que é preciso administrar visões divergentes para evitar problemas futuros, existe o planejamento societário, ferramenta que se tornou indispensável para garantir a segurança jurídica para todos os envolvidos.

Muitas empresas não fazem o planejamento societário no momento certo, ou seja, na fase de discussão, concepção e registro da empresa nos órgãos competentes. Logo, correm o risco de passar por problemas legais entre os membros da sociedade. Se você quer entender mais sobre esse assunto, continue a leitura do post.

Vamos explicar mais detalhes sobre como funciona um planejamento societário, os fatores que precisam ser avaliados e a importância de contar com especialistas na fase de formação da sociedade empresarial. Confira!

O que é o planejamento societário?

O planejamento societário é um estudo para organizar todas as etapas, políticas internas e os documentos envolvidos na participação de pessoas físicas e jurídicas em uma empresa. Ele pode ser considerado um guia para a relação entre sócios, entre sócio e negócio e entre negócio e sociedade. No planejamento, são catalogados os direitos e deveres de cada membro da sociedade e possíveis soluções para conflitos administrativos.

Também são considerados cenários oportunos de crescimento e investimentos para a empresa, assim como decisões, entrada e saída de sócios. De modo geral, são levantadas as questões essenciais que serão motivos de discussão entre os sócios. Por isso, o planejamento societário é feito preferencialmente antes da abertura de uma empresa.

Quais são os principais pontos observados em um planejamento societário?

O planejamento societário precisa ser feito com o suporte de profissionais qualificados, com experiência comprovada em questões contábeis. É dessa forma que os aspectos mais importantes para esse estudo não deixam de ser abordados e detalhados. No geral, para que o trabalho seja feito da maneira correta, é importante levar em conta os seguintes pontos:

  • conflitos e interesses entre sócios;
  • regras governamentais;
  • direitos e deveres;
  • solução de questões litigiosas;
  • atas de assembleias;
  • valor do capital social;
  • entrada e saída de sócios;
  • estrutura societária;
  • tipo societário;
  • clausura sucessória;
  • finalidade do negócio;
  • registro dos livros societários;
  • participação dos envolvidos em outros negócios;
  • remuneração dos sócios;
  • regularizações diversas, alvarás e licenças;
  • patrimônios dos sócios;
  • mercado de atuação;
  • método de gestão.

Dentre eles, existem pontos que merecem alguns cuidados, como a definição da finalidade do negócio, a escolha do tipo societário e o valor do capital social. Quanto à finalidade do negócio, é importante atentar para o fato de que a empresa, além de gerar lucro, precisa de um objetivo maior, relacionado à reputação que deseja ter no mercado e onde quer chegar.

Existem no país inúmeros tipos de sociedades, e cada uma apresenta exigências e normas específicas, moldadas de acordo com as responsabilidades dos sócios, a finalidade do negócio, entre outros fatores.

Sobre o capital social, é importante que os sócios, juntos com profissionais que lidam com questões contábeis, definam o valor adequado. Essa não é uma tarefa simples, uma vez que devemos considerar vários fatores (compra de equipamentos, contratação de serviços, ferramentas para computadores, por exemplo).

Em linhas gerais, o capital social é a quantidade bruta inicialmente investida, ou seja, o valor necessário para a concepção e manutenção da empresa, considerando o tempo em que ela não gerará lucro suficiente.

Alguns critérios acima mencionados podem variar de acordo com a função exercida pela empresa no mercado, como o método de gestão, a escolha do tipo societário e a finalidade do negócio. Por isso, é importante que todos os sócios se reúnam antes da abertura da empresa para definir detalhadamente todos os pontos.

Qual a importância do planejamento societário?

O planejamento societário vai muito além das burocracias convencionalmente elaboradas para a abertura de uma empresa. Afinal, o o objetivo desse estudo é garantir a proteção e a integridade do patrimônio dos sócios. Por isso, um de seus principais benefícios é a segurança jurídica proporcionada a todos os envolvidos.

Todos os sócios passam a ter maior segurança sobre decisões, já que o planejamento societário prevê a proteção de seus patrimônios e alternativas para conflitos de interesse. Dessa forma, em situações limites, quando a empresa passa por grandes prejuízos financeiros, eles não precisam responder com seus patrimônios essenciais.

Além disso, é muito comum encontrar empresas que se dissolvem ou perdem posições no mercado por conta de problemas com decisões tomadas entre os sócios — o planejamento societário é um componente chave para evitar esse tipo de situação.

Quando o planejamento é feito da maneira certa, com todos os pontos discutidos e detalhados com antecedência, decisões e operações que causariam conflitos de interesses passam a fluir harmonicamente. Assim, passos como expansão, fusão e cisão da sociedade encontram alternativas razoáveis no planejamento societário.

Por que buscar uma consultoria para o planejamento societário?

Para garantir as vantagens do planejamento societário, é importante que os responsáveis por esse processo contem com o suporte de profissionais especializados em questões contábeis. A Macrocont Contabilidade mantém o compromisso com uma nova forma de atendimento e contabilização em tempo real.

Com esse suporte, além de realizarem o planejamento societário, os especialistas ficam responsáveis por diversas outras ações que interferem no futuro da sociedade, como a gestão fiscal e tributária, gestão contábil, gestão de departamento pessoal e consultoria trabalhista, serviço de advocacia e consultoria jurídica.

Na Macrocont, os profissionais são constantemente capacitados e treinados. São utilizados processos dinâmicos, o que há de melhor em tecnologia e técnicas sustentáveis para as necessidades e os desafios dos clientes.

Neste post, você pôde perceber que o planejamento societário é um elemento importante para evitar problemas futuros e conflitos administrativos entre membros da sociedade. Portanto, atente para a importância desse planejamento no seu negócio e previna-se contra problemas no curto, médio e longo prazos.

Já conhecia a Macrocont? Com uma equipe técnica especializada em serviços contábeis, oferecemos aos clientes um atendimento personalizado, ágil e consultivo. Para mais detalhes, entre em contato conosco agora mesmo!

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Preencha o formulário e um dos nossos especialistas entrarão em contato com você.

*preenchimento obrigatório

Preeencha o formulário para receber o nosso e-book.

Baixe o e-book clicando no botão abaixo.